Candidatos à presidência do Corinthians, André Negão e Augusto Melo debatem sobre a base alvinegra

candidatos-a-presidencia-do-corinthians-andre-negao-e-augusto-melo-debatem-sobre-a-base-alvinegra
Candidatos à presidência do Corinthians, André Negão e Augusto Melo debatem sobre a base alvinegra. Foto: TV Gazeta

Candidatos à presidência do Corinthians para o próximo ano, André Negão e Augusto Melo estiveram presentes no Mesa Redonda, programa da TV Gazeta.

Durante o debate, diversos assuntos foram levantados, sendo um deles, a base alvinegra.

Candidatos debatem sobre a base do Corinthians; confira

Questionados sobre as categorias de base do Timão, ambos expuseram suas opiniões, com base nas perguntas feitas pelos jornalistas presentes na bancada. André Negão iniciou a dissertação, onde tivemos réplica de Augusto, tréplica de André e finalização de ambos.

“É só você ver todos os jogadores que subiram para o profissional agora. E a gente vem trabalhando. Para te dizer bem a verdade, nós vamos ter mudanças. A nossa eleição é exatamente visando uma mudança geral em todos os segmentos do clube, e a base é primordial. Quem começou as obras do CT da base foi na gestão que eu era diretor administrativo. Nós quem terminamos a primeira fase. Agora vamos começar a segunda fase. Para isso teremos mudanças. Nós vamos contratar um especialista de mercado e consiga contribuir para que tenhamos muito mais revelações do que já estamos tendo nesse momento. Então, vamos trabalhar e fixar com bastante atenção nos projetos que serão desenvolvidos na base para que tenhamos melhorias e para que a gente traga novidades. Vamos trazer especialistas de scout, que sempre fomos especialistas nisso, vamos aumentar nossa gestão exatamente em cima disso… (tempo esgotado)”, iniciou André.

Dissertando sobre o assunto, Augusto Melo replicou:

“O candidato fala que vai trazer pessoas especialistas para base também, coisa que nunca houve, sempre foi a mesma gestão em 16 anos, sempre sai um e entra outro da mesma forma. Quando ele fala que tem um bom trabalho, isso me orgulha, quando eu estive à frente de assessor da categoria Sub-17, na qual participamos, ganhamos todos os títulos da base que vocês podem imaginar. Nossa gestão subiu mais de 13 jogadores profissionais e isso a gente se orgulha muito, da qual eu fiz parte, pois eu era assessor e a nomenclatura mudou de diretor para assessor. Então, com certeza a base vamos trabalhar muito forte nesse sentido porque temos conhecimento, além de jogador que também fomos, conhecemos de bola…(tempo esgotado)”, disse o mesmo.

Com a tréplica, André expressou sua visão sobre a fala de Augusto.

“Quero falar para o candidato (Augusto), que realmente ele passou pela base, como fala que passou por vários departamentos do clube. Ele passou pela base e ficou um ano e oito meses. Eu não sei se em um ano e oito meses dá para mandar 13 jogadores para o futebol profissional. Se você olhar, você consegue de uma safra de um ano talvez mandar um a dois jogadores para o profissional. Agora ele conseguiu a façanha de mandar 13 jogadores. Ele tem que ir pro Guinness (livro dos recordes), isso é a verdade, porque isso não existe”, encerrou ele.

Aproveitando o tempo de outro assunto, Melo respondeu a tréplica de Negão, comentando sobre a fala do mesmo.

“Só para responder o candidato, eu não falei que eu subi 13 jogadores. Eu disse que na nossa gestão, subiram 13 jogadores. Mesmo porque nós demos sequência em um excelente trabalho que vinha da gestão passada. Aliás, foi na nossa gestão que começou a subir a porcentagem de jogador, de 5% para o Corinthians e 95% para empresário, para 70, 80 e até 100% para o Corinthians, valorizamos isso. Não foi o Augusto que subiu 13 jogadores em um ano e oito meses, que é ótimo eles admitirem isso porque até então eles falavam que eu trabalhava seis meses, então, foi numa gestão e está lá gravado no Conselho. 299 pessoas embora, uma economia de R$ 1,350 milhão na nossa gestão e isso mostra gestão”, encerrou Augusto.

Data das eleições

Os candidatos disputam a presidência do Corinthians. A vaga será escolhida no dia 25 de novembro, onde André e Augusto receberão votos e saberão quem será o próximo mandatário do alvinegro.