Convocado para a Copa do Mundo sub-17, goleiro do Corinthians fala sobre o torneio e sua inspiração em Cássio

convocado-para-a-copa-do-mundo-sub-17-goleiro-do-corinthians-fala-sobre-o-torneio-e-sua-inspiracao-em-cassio
Matheus Corrêa teve uma atuação brilhante nas últimas semanas, e em breve estará na Copa do Mundo sub-17. Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag Corinthians

Destaque da equipe sub-17 do Corinthians, o goleiro Matheus Corrêa foi convocado para a Copa do Mundo da categoria.

Em entrevista, o guarda-redes falou tanto sobre sua expectativa para o torneio mundial, quanto sua maior inspiração na posição. No Parque São Jorge desde seus 9 anos de idade, obviamente teve Cássio como seu ídolo.

Participação na Copa do Mundo sub-17

Um dos melhores atletas da categoria na equipe do Corinthians, Matheus tem grandes chances de ganhar oportunidades na Seleção Brasileira.

Sabendo disso, o jogador fez questão de dizer que sua maior preocupação é ajudar o time da melhor maneira que puder.

“Não tenho palavras para descrever a sensação de representar meu país em uma competição desse tamanho. É algo com que sempre sonhei e irei poder realizar. Será uma competição importante e muito disputada. Espero contribuir e ajudar o time da melhor forma possível”.

Ídolo e inspiração

convocado-para-a-copa-do-mundo-sub-17-goleiro-do-corinthians-fala-sobre-o-torneio-e-sua-inspiracao-em-cassio
Matheus Corrêa acompanha Cássio desde que era criança. Foto: Divulgação

Como mencionado acima, Matheus Corrêa está no Timão desde os seus 9 anos de idade, portanto viu diversos bons anos de Cássio diante das traves corinthianas.

Por conta disso, já era esperado que o jovem tivesse o camisa 12 como principal inspiração.

“Cássio é minha referência no esporte, não tinha como ser diferente. Ele é um espelho para mim, não só pela dedicação, mas pela pessoa que é. Aprendi muito, mesmo no pouco tempo que tive ao seu lado. Quero ser decisivo como ele é, tanto que no Paulista consegui ajudar minha equipe, assim como ele”.

Bons desempenhos recentes

Apesar do Corinthians sub-17 não estar em uma de suas melhores temporadas, Matheus Corrêa tem ido bem, individualmente.

Na semifinal do Paulistão da categoria, por exemplo, ele defendeu 4 penalidades cobradas pelo Red Bull Bragantino. Mas a final do estadual exigirá ainda mais do arqueiro pois o Corinthians precisa reverter uma derrota de 2×1.