Corinthians pede, mas CBF nega liberação de cinco atletas para jogar o Paulistão Feminino

Visando a partida de ida pela semifinal do Paulistão Feminino, o Corinthians tentou a liberação de cinco jogadoras que foram convocadas para defender a Seleção Brasileira. O Timão enfrentará o Palmeiras, adversário que ofereceu bastante dificuldade nas semifinais do Brasileirão.

Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

Pia Sundhage convocou Lelê, Tamires, Érika, Andressinha e Adriana. Todas são titulares no Timão. No jogo passado, a técnica nem chegou a relacionar a goleira Lelê.

A seleção enfrenta o Equador às 21h30 desta terça (01), enquanto o alvinegro enfrenta o Palmeiras às 15h de quarta (02).

O Timão emitiu uma nota oficial sobre o caso:

“A Federação Paulista de Futebol definiu nesta segunda-feira a data, horário e local da primeira semifinal do Campeonato Paulista.

O Timão enfrenta o Palmeiras nesta quarta-feira (2), às 15h, no Estádio Nelo Bracalente, em Vinhedo. A decisão da vaga na grande final será na próxima semana, em data, horário e local a definir.

O Corinthians solicitou, junto a CBF, a liberação de suas cinco atletas do compromisso da equipe nacional com o Equador, amanhã, às 21h30. O pedido foi negado.

Assim, o clube buscará a melhor logística para contar com suas atletas em Vinhedo. O Corinthians também avaliará individualmente suas condições, a fim de definir a convocação ou não de cada uma delas.”

Leia também:
- Corinthians terá seis reforços para enfrentar o Fortaleza