Organizadas se unem em protesto contra fala de diretor jurídico do Corinthians; Confira
Organizadas protestaram contra o valor dos ingressos e utilizaram sinalizadores na arquibancada. (Foto: Henrique Manfio/Agência IDC)
Organizadas protestaram contra o valor dos ingressos e utilizaram sinalizadores na arquibancada. (Foto: Henrique Manfio/Agência IDC)

Organizadas se unem em protesto contra fala de diretor jurídico do Corinthians; Confira

Após protesto com sinalizadores durante estreia no Paulistão, diretor fez post no twitter que desagradou as torcidas

Nesta terça-feira (17), algumas torcidas organizadas soltaram uma nota de repúdio contra as falas do diretor jurídico do Corinthians, Herói Vicente.

Após o protesto contra o valor dos ingressos no último domingo (15), o diretor falou sobre a forma que aconteceram os protestos e, segundo as torcidas, “criticou e ironizou as manifestações”.

Torcidas organizadas do Corinthians pedem redução no preço dos ingressos e afastamento do diretor

Organizadas protestaram contra o valor dos ingressos e utilizaram sinalizadores na arquibancada. (Foto: Diogo Reis/AGIF)
Organizadas protestaram contra o valor dos ingressos e utilizaram sinalizadores na arquibancada. (Foto: Diogo Reis/AGIF)

Assim, confira abaixo o que diz a nota soltada pelas organizadas do Corinthians:

“Os Gaviões da Fiel vêm a público repudiar as falas do diretor jurídico do Corinthians, Herói Vicente. O diretor revelou todo o seu despreparo ao criticar e ironizar as manifestações que aconteceram no jogo deste domingo, em Bragança.

É de se esperar que um clube, cujo emblema “o Corinthians é o time do povo e é o povo que vai fazer o time”, tenha diretores que atuem pelos direitos da sua torcida, do seu maior patrimônio. Mas não é o caso do diretor
jurídico do clube.

Desde o Paulistão de 2022, as torcidas organizadas do Corinthians vêm demonstrando sua discordância com os preços abusivos praticados pelos clubes mandantes país a fora. Neste ano, R$ 100 no domingo, em Bragança, e R$ 120 em Limeira, no próximo sábado.

Ao final da TERCEIRA rodada do Paulistão, o torcedor corinthiano terá gastado R$ 220 em ingressos como visitante. É quase 20% do salário-mínimo. Isso seria motivo suficiente para um diretor jurídico com pretensões políticas dentro do clube vir a público demonstrar total apoio a causa.

Mas não. Herói Vicente se utiliza de aspas para ironizar a manifestação legítima que fizemos e que faremos. Mais que isso, ainda taxa as organizadas como irresponsáveis e inconsequentes. A omissão deveria ser motivo suficiente para um pedido público de desculpas e a ironia e o deboche, motivo para o afastamento do diretor de suas funções.”

Após protesto no estádio, diretor fez publicações no twitter falando sobre o assunto

A manifestação surgiu logo após uma fala de Herói Vicente, publicada no twitter, sobre o protesto realizado durante o último jogo do Corinthians, contra o RB Bragantino.

O protesto realizado durante o jogo pretendia reclamar sobre o valor alto dos ingressos para a torcida visitante do Corinthians. Isso porque, para o jogo em Bragança Paulista, o valor do ingresso era de R$100.

Dessa forma, no final do segundo tempo, a torcida do Corinthians acendeu uma série de sinalizadores e ergueu uma faixa, dizendo “Mercenários, não vamos aceitar ingressos“.

Por conta disso, o diretor jurídico do Corinthians se expressou em seu twitter. Confira:

Assim, algumas organizadas se uniram para protestar contra as falas e pedir o afastamento do diretor.

Jornalista esportivo, cursando o terceiro ano de faculdade na UAM. Trabalho como repórter de rádio e sou setorista do Corinthians na IDC. Apaixonado por esportes, videogame, animes e pelo Corinthians.