Em entrevista, Vampeta fala sobre Roger Flores e sua fama de “chinelinho”

Henrique Manfio

Talvez um dos jogadores mais criticados por suas lesões tenha sido Roger Flores. Apelidado de “chinelinho” por ficar bastante tempo no departamento médico na época em que jogava, o ex-meia-atacante, campeão Brasileiro com o Corinthians em 2005, coleciona, além de oito parafusos e uma placa de 20 cm na perna direita, grandes amigos no futebol.

vampeta corinthians
Vampeta falou sobre o atual comentarista do SporTV. (Foto: Reprodução)

Um de seus amigos, Vampeta, em entrevista ao canal da Jovem Pan no YouTube, falou sobre Roger Flores, sua fama de “chinelinho”, o atrito com Daniel Passarella, técnico do Timão em parte de 2005, e o elogiou como comentarista esportivo.

“Eu adoro o Roger, me dou muito bem com ele! É um cara que me respeita, que me trata super bem… E ele está muito bem no SporTV”, disse Vampeta, que seguiu falando sobre Roger e sua fama.

“Talvez tenha ficado aquele clima ruim de ‘chinelinho’ porque ele veio para o Corinthians e teve aquele problema com o (Daniel) Passarella, mas, hoje, o Roger, para mim, é um dos melhores caras apresentando programa e comentando. Eu gosto muito dele!”, finalizou.

Tal problema de Roger Flores com Daniel Passarella, citado por Vampeta, se da devido a pênalti perdido por ex-meia em partida contra o Figueirense, em 2005. Na oportunidade, o hoje comentarista isolou a cobrança e foi acusado de fazer complô para derrubar o técnico.

LEIA TAMBÉM:
- SUB-20: CBF altera horário de jogo entre Corinthians e Bahia

Deixe um comentário