Hyun-Sol Kim, ou simplesmente Chico. Conheça a história maluca do próximo adversário do Corinthians

Identidade Corinthiana

Quando entrar em campo na próxima quarta-feira (30), contra o Atlético Goianiense, o time de Coelho irá enfrentar um atleta diferente de tudo na história recente. Dono das bolas paradas do clube goiano, ele é brasileiro, mas com pais sul-coreanos, optou por defender a Coreia do Sul e ganhou o nome de Francisco Hyun-Sol Kim, ou simplesmente Chico.

50211997157 15e1056a20 k 1068x738 1
Provavelmente, atleta estará em campo contra o Corinthians. (Foto: Foto: Heber Gomes/ACG)

Chico, que nasceu em Cascavel (Paraná), mas passou a infância no Paraguai, traz uma bagagem cultural imensa em sua história. Em entrevista para o Portal Sagres Online (site de notícias do estado de Goiás), Chico destacou a sua disciplina tanto dentro quanto fora de campo.

“Eu passei por várias culturas, vários estilos diferentes de futebol. Tento colocar muito essa questão da cultura dentro de campo, por exemplo, na Coreia do Sul a gente coloca muito a disciplina e eu procuro fazer isso dentro e fora de campo, além da alegria do brasileiro de jogar e ser usado. Essa questão da cultura já me ajudou bastante na minha carreira”, disse.

Apesar da aparência asiática, Hyun-Sol Kim adotou o popular nome de “Chico” e passou por times como Mirassol, XV de Piracicaba e Ceará. O atleta também jogou na própria Coréia do Sul, no Seoul E-Land e no Pohang Steelers, este segundo normalmente base da Seleção Coreana nas Copas. O ambicioso sonho de Chico é ser convocado pela Coréia do Sul e tabelar com Son, do Tottenham.

Uma história extremamente diferente nas batalhas recentes do Corinthians, que gerou futebol, simpatia e que exigirá muita atenção para Gil e Avelar nos escanteios, pois Chico anda afiado. O encontro do Corinthians contra o Atlético Goianiense do multicultural Chico acontece nesta quarta-feira (30), às 21h30, na Neo Química Arena.

LEIA TAMBÉM:
- Cazares confirmado para enfrentar o Atlético-GO

Deixe um comentário