Reforço para o sub-23, atacante tem cláusula de comportamento em contrato com o Corinthians

Henrique Manfio

Updated on:

Para 2020, o Corinthians criou um novo plano para o sub-23. Visando deixar a categoria mais competitiva, o clube do Parque São Jorge começou a se reforçar e uma de suas contratações foi Diogo Vitor, atacante que atuava pelo Santos. No entanto, seu histórico já fez a diretoria tomar algumas precauções.

diogo vitor
Jovem já teve problemas comportamentais no rival. (Foto: Pedro Ernesto/Santos FC)

Segundo o UOL Esportes, o contrato detém uma cláusula contra a indisciplina do garoto, que, caso venha a ser descumprida, o clube pode rescindir o vinculo sem custo algum. Ainda de acordo com o portal, mesmo tendo ciência de todos os problemas que o jovem pode gerar, a diretoria enxerga a contratação com bons olhos, já que Diogo chegar para receber apenas R$ 5 mil mensais.

Considerado como grande promessa desde suas primeira aparições no Santos, atacante não atua desde 2018, após ter metabólito de cocaína constado em seu antidoping. Em diversas entrevistas, ainda quando atuava pelo rival, Diogo assumiu ter errado mas garantiu que iria dar a volta por cima.

LEIA TAMBÉM:
- Arthur Elias, técnico do Corinthians Feminino, exalta elenco do Timão

Deixe um comentário