António Oliveira é apresentado como novo treinador do Corinthians “É irrecusável essa oportunidade na minha vida”

Henrique Vigliotti

Updated on:

antónio-oliveira-treinador-corinthians-coletiva-apresentação

O técnico António Oliveira foi apresentado oficialmente pelo Corinthians como novo comandante em coletiva no CT Dr Joaquim Grava.

Confira as primeiras palavras do treinador no comando do Timão.

António Oliveira é apresentado como novo treinador do Corinthians e diz “Quem vai falar mais alto são os resultados”

Primeiramente, António Oliveira se mostrou muito orgulhoso de chegar ao Corinthians e falou sobre a “corrida” contra o tempo na preparação para o confronto diante da Portuguesa.

“Para mim é um prazer enorme estar aqui e certamente será a primeira de muitas que estaremos juntos. É uma felicidade enorme poder representar esse enorme e grandioso clube. E agora é tempo e quem vai falar mais alto são os resultados.”

“Tentamos quase contra o relógio preparar para uma competição que teremos amanhã e conquistar rapidamente vitórias, porque essa que vai resgatar a confiança da qualidade que felizmente tenho a minha disposição. Se será quatro ou três, os que entrarem vão representar da melhor forma a grandeza desse clube. Sou mais um novo corintiano que pretendo me consolidar dentro do bando de loucos.”

Sobre a oportunidade de treinar o Corinthians, o português fez questão de ressaltar a importância e o tamanho de uma oportunidade que é dirigir o Timão.

“Não há bons nem maus momentos para representar o Corinthians. É irrecusável essa oportunidade na minha vida. O cavalo podia passar apenas uma vez, aproveitar a oportunidade porque por alguma razão estou aqui, pelos resultados. Mas daqui para frente tudo são previsões e nessa perspectiva única coisa que prometemos é organização, profissionalismo, competência e acima de tudo resgatar o melhor da qualidade desses jogadores que é muita. Sei que eles são os melhores para resgatar a grandiosidade desse enorme clube. Estamos falando de um colosso do futebol mundial e estou muito feliz por estar aqui.”

Apesar da fase ruim, o comandante confiança nos jogadores neste início de trabalho.

“Sei do desafio, mas também sei da minha capacidade, da capacidade e competência e profissionalismo dos que comigo trabalham, e principalmente confio muito nos jogadores. Vamos resgatar o melhor deles porque não desaprenderam de jogar. Vamos tentar extrair. Tenho confiança inabalável neles. Eles são os grandes artistas. Vamos voltar àqueles momentos mais gloriosos, mas nessa altura é falar pouco e os resultados que vão falar mais alto.”