Corinthians encontra empate no fim do jogo e salva estreia da Neo Química Arena

Bruno Dookie

Updated on:

Jô se estica para receber bola em Corinthians x Botafogo — Foto: Marcos Ribolli
Foto: Marcos Ribolli

No primeiro jogo após o anúncio da venda dos naming rights, o Corinthians deve agradecer pelo ponto achado no último lance. O Botafogo fez uma partida mais consistente e conseguiu neutralizar as jogadas de ataque do time comandado por Tiago Nunes.

Logo no início de jogo, Mosquito é empurrado na área e o juiz assinala: pênalti.

Curiosamente Fagner pega a bola nos braços e guarda. Corinthians 1×0.

Bruno Nazário ainda no primeiro tempo empata para o time Carioca. Após falta marcada no lado direito da defesa do Corinthians, o jogador bateu direto e Cássio aceitou.

O Corinthians não conseguia assustar o gol de Gatito e a falta de criatividade no meio de campo era clara.

No segundo tempo, Tiago opta por Otero no lugar de Cantillo. Ramiro é recuado, Mosquito vai para a outra ponta e o Corinthians ainda segue criando pouco.

Aos 29 do segundo tempo, Kalou, contratação ilustre do Botafogo, marca seu primeiro gol com a camisa do clube e desempata no que parecia sacramentar a derrota na estreia da Neo Quimica Arena.

Nem dois minutos depois Otero marca de cabeça, em gol anulado pelo árbitro após ida ao VAR.

Além do gol, anulado após o juiz flagrar empurrão de Jô, os lances perigosos do segundo tempo vem de duas faltas cobradas por Otero a 500 jardas do gol, um bonito chute de Jô na trave e uma linda cabeçada de Avelar, salva por um milagre de Gatito.

As cornetas mais afinadas já cantavam nas redes sociais e whatsapp, quando Fagner encontra Léo Natel, que cruza na medida para o empate. É dele. JÔ! O filho de Itaquera, sempre bem posicionado marca para o Corinthians.

A sensação de mais 2 pontos perdidos em casa, pode ser contornada pela realidade do que foi o jogo. Mas a verdade é que o time ainda precisa melhorar muito. E mais uma vez, Tiago Nunes vai pra casa pressionado por mais resultados e mais qualidade no futebol.

Deixe um comentário